O que é JavaScript? Aprendendo desenvolvimento web MDN

Os significados são ligeiramente diferente nos dois contextos, porém relacionados, e ambos (JavaScript server-side e client-side) geralmente trabalham juntos. Você pode também ouvir os termos lado do servidor (server-side) e lado do cliente (client-side), especialmente no contexto de desenvolvimento web. Códigos do lado do cliente são executados no computador do usuário — quando uma página web é visualizada, o código do lado do cliente é baixado, executado e exibido pelo navegador. Nesse módulo JavaScript nós estamos explicitamente falando sobre JavaScript do lado do cliente. O navegador recebe o código JavaScript em sua forma de texto original e executa o script a partir dele. No entanto, o JavaScript ainda é considerado uma linguagem interpretada, pois a compilação é manipulada em tempo de execução, e não antes.

Uma variável definida como var dentro de uma função só fica visível dentro dessa função, de maneira semelhante aos seus argumentos. Há uma diferença muito importante entre as declarações de variáveis com var, let e const. A dupla async/await nos permite ter um código mais limpo e um modelo mental simples para trabalhar com código Desenvolvimento web: Quais habilidades são importantes? assíncrono. Rejeitar uma promise significa encerrá-la com um erro (o que resulta na chamada do método catch() em qualquer lugar que o utilize). Promises, ou promessas, são uma maneira alternativa de lidar com código assíncrono. A função que contém a linha console.log(‘dentro da função’) será executada após 2 segundos.

Operadores de comparação

Template literals também são ótimos porque fornecem uma maneira fácil de interpolar variáveis ​​e expressões em strings. Outra maneira de definir strings é usar template literals, que são definidos entre acentos graves. Eles são especialmente úteis para tornar strings de várias linhas muito mais simples.

Você pode ouvir os termos interpretado e compilado no contexto da programação. JavaScript é uma linguagem interpretada — o código é executado de cima para baixo e o resultado da execução do código é imediatamente retornado. Você não tem que transformar o código em algo diferente antes do navegador executa-lo. Neste primeiro artigo vamos fazer uma análise profunda da linguagem, respondendo questões como “O que é JavaScript?”, e “O que ele faz?”, para você se sentir confortável com a proposta da linguagem. A programação, design, testes, coleta de feedback de usuários e escrita de materiais para este website foram feitos por Toni Podmanicki, Paul Irish e Jeremy Hill. Gostaríamos de agradecer a todos que ajudaram e contribuíram de qualquer forma.

Literals

O modo estrito define que você não pode usar nenhuma variável antes de inicializá-la. É uma variante restrita do ECMAScript 5, para um desempenho mais performático e uma depuração mais fácil. Desde 2012, todos os navegadores modernos possuem suporte total ao ECMAScript https://www.jacobinanoticia.com.br/2024/03/curso-de-desenvolvimento-web-formados.html 5.1. Em 17 de Junho de 2015, a ECMA International publicou a sexta versão do ECMAScript, que é oficialmente chamado de ECMAScript 2015, e foi inicialmente conhecido como ECMAScript 6 ou ES6. Desde então, as especificações do ECMAScript são lançadas anualmente.

JavaScript

Essa documentação faz referência à última versão de referência, que atualmente é a ECMAScript 2018. Linguagens compiladas, por outro lado, são transformadas (compiladas) em algo diferente antes que sejam executadas pelo computador. Por exemplo, C/C++ são compiladas em linguagem Assembly, e depois são executadas pelo computador.

Tipos de dados no JavaScript

O DOM (Document Object Model) é a estrutura de elementos que compõem uma página HTML. Um dos principais usos do JavaScript é manipular esses elementos para realizar as mais diversas tarefas, desde capturar e exibir dados até criar menus. Um guia muito mais detalhado sobre a linguagem JavaScript, para pessoas que possuem experiência prévia com JavaScript ou outra linguagem de programação. Códigos do lado do servidor, por outro lado, são executados no servidor e o resultado da execução é baixado e exibido no navegador. Exemplos de linguagens do lado do servidor populares incluem PHP, Python, Ruby, e ASP.NET. JavaScript também pode ser usada como uma linguagem server-side, por exemplo, no popular ambiente Node.js — você pode encontrar mais sobre JavaScript do lado do servidor no nosso tópico Websites dinâmicos – Programação do lado do servidor.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *